MÉDICO DE ITALVA PERDE A COMPOSTURA E AGRIDE VERBALMENTE PACIENTE E FUNCIONÁRIOS NO PRONTO SOCORRO MUNICIPAL - Jornal Tempo News

Breaking

Home Top Ad

16/08/2018

MÉDICO DE ITALVA PERDE A COMPOSTURA E AGRIDE VERBALMENTE PACIENTE E FUNCIONÁRIOS NO PRONTO SOCORRO MUNICIPAL



Uma quebra de conduta ética, cabendo censura por parte do Conselho Regional de Medicina.
Assim deve ser interpretada a atuação do médico José Carlos Rosa, no Pronto Socorro de Italva, na tarde de ontem, quarta-feira, 15, como também deve ser a punição, aguardada por todos que foram constrangidos e agredidos verbalmente pelo profissional.

José Carlos Rosa, de maneira agressiva e debochada, dirigiu-se à Sandra Maria da Silva, a quem atendia, perguntando se ela era “macumbeira”, simplesmente porque a senhora, que estava acompanhada de sua filha, Maria Aparecida, mostrava-se impaciente. Havia ingerido muitos antidepressivos, já que apresentava um quadro de depressão que inspirava cuidados, segundo sua filha.

Sandra Maria foi muito bem atendida quando chegou ao Pronto Socorro, pela equipe técnica e um enfermeiro. Mas, ao ser consultada pelo médico, este teria desdenhado do quadro clínico da paciente. Além do sarcasmo com a paciente, José Carlos Rosa agrediu verbalmente toda a equipe, revelando um desequilíbrio emocional que alguém comentou ser causado pelo  stress.

O médico é concursado, mas atua também como contratado (via RPA) para trabalhar aos domingos. O que se sabe é que José Carlos Rosa tem se mostrado arrogante, não só com pacientes, mas também com os demais profissionais de apoio. E que o secretário municipal de Saúde de Italva, Arthur Amaral, sabe do comportamento do médico, mas permite que ele continue atuando como se tudo fosse “normal”.

Agora, após o que ocorreu na tarde desta quarta-feira, espera-se que Secretário de Saúde leve ao conhecimento da prefeita Margareth Soares o comportamento do médico.

Sabemos do carinho e comprometimento que a Prefeita Margareth Soares tem com a população Italvense, e que após o conhecimento dos fatos, com certeza tomará as providências necessárias em relação ao ocorrido.

O Blog Tempo News encontra-se à disposição do médico José Carlos Rosa para sua versão em relação ao fatos relatados.




2 comentários:

  1. Minha nossa! Que coisa absurda!! A pessoa já está debilitada e ainda passa por esse constrangimento!!

    ResponderExcluir
  2. Cm certeza, esse medico tem q swr afastado do cargo, pois o mesmo nao tem mas equilibrio mental pra trabalhar num local onde chega toda hora pessoas cm problemas, por osso o nome pronto socorro. Cabe agora a nossa excelentissima prefeita tomar as mwdidad cabiveis em relaçao ao medico, pq nois sabemos do amor q a senhora prefeita tem pelo nosso povo.

    ResponderExcluir